Buscar
  • Comax

Cobrança por SMS: Reduza a inadimplência



A cobrança por SMS é uma boa alternativa para reverter a inadimplência e manter a competitividade do negócio. Além disso, é uma alternativa eficiente e de baixo custo com a qual você consegue atingir o cliente com maior assertividade e retorno.


Afinal, em tempos de transformação digital, a cobrança por SMS pode ser um grande aliado da sua empresa para trazer uma proximidade e melhorar o relacionamento com o cliente ou consumidor e assim, reduzir taxas de inadimplência.


É também, utilizado em estratégias de régua de cobrança que é considerada uma maneira eficaz para reduzir gastos operacionais e otimizar o tempo das equipes financeiras.


Continue lendo e entenda mais sobre cobrança por SMS e reduza cada vez mais os índices de inadimplência da sua empresa:


Tipos de SMS de cobrança mais comuns


  • Cobrança preventiva: Essa mensagem deve ter o objetivo de avisar o cliente sobre a chegada da data de vencimento do boleto, para prevenir atrasos e inadimplência.


Exemplo:


Olá, Maria! Não esqueça que sua fatura vence dia 15/10. Ela está disponível em nosso sistema ou pode ser paga pelo aplicativo do seu banco, o código de barras é:


  • Se mostrando disponível: Em seguida são enviadas as mensagens de texto com o código de barras do boleto ou orientações para o pagamento imediato.


Exemplo:


Olá, José! Sua dívida pode ser renegociada. O telefone para contato é: ______________. Evite mais juros. Fale com nossa equipe hoje mesmo!


  • Ofertas de negociação: Por último, em caso de não pagamento, informe ao consumidor a possibilidade de inclusão do nome do cliente em Entidades de Proteção ao Crédito. Sua empresa deve avisar com antecedência, oferecendo alternativas de regularização.


Exemplo:


Oi, Renata. Tudo bem? Tenho uma ótima notícia: oferta exclusiva para renegociar suas dívidas em atraso. Vamos conversar? Entre em contato:


Conheça mais modelos de cobrança


O que a Lei diz sobre cobrança por SMS?


Segundo o artigo 71 do Código de Defesa do Consumidor (CDC): “é crime coagir, ameaçar, constranger e fazer afirmações falsas para intimidar o cliente em débito, ou ainda perturbá-lo em seu local de trabalho, descanso ou lazer em caso de cobrança de dívida”.


Tenha em vista abordagens práticas e éticas conforme estabelecido pelo direito do consumidor. Isso quer dizer que, se a empresa perturbar o cliente no trabalho ou em casa, o caso pode se tornar jurídico.


O mesmo para quando se informa a terceiros sobre a sua situação de inadimplência


Assim, a empresa pode cobrar a dívida, no entanto, essa cobrança deve ser feita em horário comercial e o assunto só pode ser tratado diretamente com o inadimplente.


É importante ficar atento ao fato de que o envio de SMS só pode ser feito com a autorização prévia do cliente, ou seja, é preciso seguir as regras do Opt Out, garantindo que o cliente possa parar de receber as mensagens quando desejar.


Vantagens da cobrança por SMS


Por meio desse contato direto, o cliente fica menos exposto, e consequentemente, menos constrangido durante a abordagem de cobrança, o que evita vários transtornos, inclusive jurídicos.


A cobrança via SMS também viabiliza o envio de mensagens programadas, com o agendamento dos dias e horários mais convenientes para abordar o consumidor.


Para um contato com maior chance de sucesso, é importante personalizar o SMS de cobrança para cada consumidor, ou seja, identificar a melhor hora e a melhor abordagem para cada caso.


Além disso:


  • Custo cerca de 96% mais barato do que mandar uma cobrança via carta ou gastar com ligações;

  • Entrega diretamente para o cliente, e a empresa ainda tem a certeza de que o inadimplente vai receber a notificação;

  • Taxa de retorno de 20% a 30% maior nas renegociações de dívidas;

  • Facilidade na hora de receber, pois é possível copiar o código de barras da fatura e colar em um aplicativo de internet banking do celular para efetuar o pagamento;

  • Com uma abordagem menos formal, o SMS é mais bem recebido pelos clientes.

Esse post te ajudou?


Siga nossas rede sociais:

Facebook

Instagram


Leia também: 7 livros sobre atendimento ao cliente que você PRECISA ler