Buscar
  • Comax

Como funciona a autenticação digital de documentos?


A tecnologia está avançando em uma velocidade monstruosa, ainda que muitos possuam um certo receio em confiar no mundo digital para transações, desde monetárias até na autenticação de contratos, há várias formas de garantir a sua segurança contra possíveis fraudes e erros de identificação e uma delas é a autenticação digital de documentos.


Um novo caminho de autenticação digital surgiu recentemente, sendo chamado também de autenticação notarial. Foram os cartórios que surgiram com essa iniciativa, para certificar documentos tanto no ambiente presencial quanto no digital. A ideia é dar força ao valor jurídico dos documentos e facilitar o envio para diferentes pessoas e órgãos públicos.


O que é a autenticação digital de documentos?

A autenticação digital ou eletrônica não é nada mais do que um processo, que tem como objetivo garantir a identificação correta da procedência de um documento eletrônico. A autenticação digital é o nome do processo de autenticação que confirma e certifica a identidade da pessoa que elaborou o documento.


Além da autenticação digital garantir que o documento foi gerado por uma pessoa autorizada a tal, confirma também a origem e integridade do arquivo, tornando possível visualizar se houve algum tipo de alteração no documento.


E a autenticação notarial?


O caso da autenticação digital notarial é mais específico, pois é efetuada pelos cartórios e o processo é um tanto diferente. O sistema faz a autenticação digital de cópias de documentos originais físicos. Pode ocorrer em documentos digitais, ainda que o uso de certificado digital o torne opcional.

A autenticação digital notarial pode ser feita pela plataforma eletrônica, a e-Notariado que foi criada pelo Centro Nacional de Autenticação Digital ( CENAD )


Fatores de autenticação


Há três fatores de autenticação que são usados para a criação de uma identidade digital para que a autenticação digital ocorra, sendo eles:

  1. Fator de reconhecimento: Sendo algo de conhecimento do usuário, podendo ser uma senha, respostas de perguntas específicas ou um PIN.

  2. Fator de posse: Ou seja, algo que o usuário tem. Como o celular, PC ou token.

  3. Fator biométrico: Literalmente o usuário em si. Ou seja, reconhecimento de voz, digitais ou tomografia, por exemplo.


Que estilos de autenticação são utilizados?

Além dos fatores de autenticação que existem para que ocorra o acesso aos documentos, garantir uma autoria autorizada e integridade do documento, durante o processo de autenticação digital de documentos diferentes estilos de, principalmente, segurança e armazenamento de informações são usados.

Os estilos de autenticação digital de documentos são quatro, sendo eles: local, centralizada, global centralizada, global e aplicativo da web.


Autenticação local


A autenticação local concede ao aplicativo a capacidade de manter os dados que pertencem às credenciais do usuários ( quando você aceita que o e-mail lembre da sua senha, por exemplo ) Nesse tipo de autenticação digital, as informações normalmente não são compartilhadas com outros aplicativos, entretanto há a possibilidade de que o domínio de armazenamento de senhas seja prejudicado. Sendo assim, esse esquema de autenticação é extremamente arriscado.


Autenticação centralizada


A autenticação digital centralizada torna possível que o usuário utilize uma mesma credencial para vários serviços. Nessa situação, onde os aplicativos são diferentes uns dos outros, há uma projeção de interfaces que suportam essa interação com um sistema para o fornecimento que seja eficiente para a autenticação para o usuários. Esse formato de autenticação digital possibilita o acesso dos usuários a chaves privadas que o permite assinar documentos de forma eletrônica.


Autenticação global centralizada

A autenticação digital global centralizada tem como premissa permitir que o usuário tenha acesso aos serviços específicos do qual precisa, sendo que a principal característica dessa autenticação consiste na unificação das informações disponíveis no sistema de dados. Logo, o usuário de forma direita possui um mecanismo de autenticação responsável por gerir as autorizações de acesso e tem como base uma estrutura organizacional.


Autenticação global e aplicativo da web


A autenticação global e aplicativo da web possibilita a utilização de uma gama de serviços de identificação e proteção digital, é o mais seguro entre os quatro tipos existentes de autenticação digital. Esse estilo de autenticação digital para documentos usa apenas um mecanismo de autenticação, de maneira a requerer o mínimo de dois fatores para conceder o acesso aos procedimentos de operação necessários, além das funcionalidades de assinar os documentos.