Buscar
  • Comax

Elementos da Régua de Cobrança


Elementos da Régua de Cobrança
Elementos da Régua de Cobrança

Elementos da Régua de Cobrança


A Régua de Cobrança é usada para controle de inadimplência e para a organização financeira da empresa. O processo inclui, principalmente, todos os procedimentos e recebimentos dos valores estabelecidos na Política de Cobrança de maneira simples, ágil e eficaz.


Com a Régua de Cobrança, a empresa pode definir abordagens específicas de acordo com o perfil de cada cliente. Levando em conta o tempo de atraso, histórico de pagamento e tipo de relacionamento que tem com o consumidor, é possível adotar os critérios de interação para a demanda.





Elementos da Régua de Cobrança


Para construir uma Régua de Cobrança, há uma combinação de quatro elementos fundamentais que auxiliam o processo e assim, garantem uma ação eficiente. São eles:


Dados


O primeiro elemento para sua régua de cobrança são os dados. É necessário conhecer o cliente para identificar qual a melhor forma de manter a comunicação. O ciclo de recuperação, cobrança e segmentação, por exemplo, depende da qualidade das informações que o cliente passa.


A coleta de dados deve ser frequente. Tudo o quê o cliente alterar, deve ser passado para a empresa. Qualquer dado pode ser útil para a cobrança e até para a prestação de outros serviços, como uma nova venda ou ações de relacionamento.

Para ter uma boa e confiável coleta de dados, é recomendado usar softwares que atendem ao perfil da empresa.


Segmentação


Com a segmentação, é possível identificar quem cobrar, como planejar os canais de acionamento, os tipos de abordagem a serem utilizadas e a definição de prazos e condições para regularização das dívidas.


Há muitos canais de segmentação, entre eles estão:


  • Valor total da dívida;

  • Valor do ticket médio;

  • Tempo em atraso;

  • Histórico de relacionamento;

  • Atrasos anteriores;

  • Relacionamento do cliente com outras empresas.


Uma boa segmentação permite criar estratégias para cada perfil de clientes devedores, e ajuda a otimizar o investimento e tornar as ações de cobrança mais eficazes.


Métricas


Taxa de entrega de SMS, volume de cliques em um e-mail e quanto se gasta para recuperar um valor, são alguns exemplos de ações mensuráveis que compõem o processo de cobrança.


É preciso entender o quê e como medir. Assim, a partir do conhecimento do perfil do cliente, é possível direcioná-lo para o melhor canal que a cobrança será realizada.

Tecnologia


A área de cobrança de uma empresa deve seguir as tendências digitais do mercado. Embora tenha empresas e clientes que prefiram os meios mais tradicionais de cobrança, como ligações telefônicas, programar softwares para auxiliar e automatizar o processo pode trazer muitos benefícios.

Tudo pode ser feito através de soluções tecnológicas que facilitam o trabalho, causam impacto na redução de custos e de tempo, além do retorno total sobre o investimento. Através de softwears, é possível:


  • Segmentar os clientes de forma automatizada;

  • Construir Réguas de Comunicação para definir o período da ação e os canais de contato;

  • Criar soluções para automatizar o fluxo de cobrança, e assim fazer toda a gestão em um só lugar.


Concluindo:


Visando as informações obtidas do cliente a partir dos dados cadastrais atualizados, a empresa analisa a melhor e mais direta forma de realizar a cobrança.

Para que seja feita de maneira efetiva, a abordagem não deve ser feita por meios que sejam considerados invasivos pelo cliente.


Aprendeu quais são os principais elementos da régua de cobrança? Ficou alguma dúvida? Entre em contato!




Leia também: Como fazer um planejamento de cobrança?


Nossas rede sociais:

Facebook

Instagram